Início / +Mediateca / Poesia / E arrepio-me…

E arrepio-me…

Ver Artigo

E arrepio-me…

E arrepio-​me…
Sim arrepio me quando vejo a tua imagem
Quando penso que nada disto pode­ria ter te acon­te­cido
A ti não…
Mas a ver­dade injusta que per­manece
E me quer abrir os olhos
Para ver este pesadelo
Sim é um pesadelo, pen­sar que partis-​te
E nós ficamos sofrendo a tua ausên­cia
Tudo é motivo para te relem­brar
E arrepio-​me…
Quando vejo tudo na minha mente
Do que pas­samos jun­tas
Que­ria poder viver
Muitas mais coisas con­tigo
E arrepio-​me…
Muito, quando vejo que foste mesmo embora.

E fico triste quando acordo e vejo que não foi um pesadelo e é uma real­i­dade
Arrepio-​me…

Mirts®

Ex-​aluna da nossa escola…

E arrepio-me…
Sim arrepio me quando vejo a tua imagem
Quando penso que nada disto poderia ter te acontecido
A ti não…
Mas a verdade injusta que permanece
E me quer abrir os olhos
Para ver este pesadelo
Sim é um pesadelo, pensar que partis-te
E nós ficamos sofrendo a tua ausência
Tudo é motivo para te relembrar
E arrepio-me…
Quando vejo tudo na minha mente
Do que passamos juntas
Queria poder viver
Muitas mais coisas contigo
E arrepio-me…
Muito, quando vejo que foste mesmo embora.

E fico triste quando acordo e vejo que não foi um pesadelo e é uma realidade
Arrepio-me…

Mirts®

Ex-aluna da nossa escola…

 
 

0 Comentários

Seja o primeiro a comentar este artigo!.

 
 

Deixe um comentário