Início / Atividades / Dia Mundial das Zonas Húmidas 2019

Dia Mundial das Zonas Húmidas 2019

Ver Artigo

Dia Mundial das Zonas Húmidas 2019

No pas­sado dia 8 de fevereiro, a nossa escola associou-​se mais uma vez à casa do par­que de São Jorge na comem­o­ração do Dia mundial das Zonas Húmi­das. A turma de Pro­dução Agropecuária do 1.º ano teve a opor­tu­nidade de vis­i­tar a Fajã dos Cubres, umas das zonas RAM­SAR de São Jorge e dos Açores. Com esta aula em campo, os for­man­dos ficaram a con­hecer mel­hor esta zona de São Jorge, escu­tando aten­ta­mente a expli­cação das téc­nica do par­que, Dr. Marta Bettencourt.

Os nos­sos agradec­i­men­tos à for­madora acom­pan­hante, Cátia Bet­ten­court e à Casa do Par­que de São Jorge.

Mais de duas mil zonas húmi­das por todo o mundo, nos 169 países con­tratantes da Con­venção, estão atual­mente cat­a­lo­gadas como Sítios RAM­SAR. Por­tu­gal declarou, até ao momento, 31 Sítios RAM­SAR em ter­ritório con­ti­nen­tal (dezoito) e no Arquipélago dos Açores (treze), desde que assi­nou a Con­venção em 1980. A Fajã dos Cubres é uma delas!

No passado dia 8 de fevereiro, a nossa escola associou-se mais uma vez à casa do parque de São Jorge na comemoração do Dia mundial das Zonas Húmidas. A turma de Produção Agropecuária do 1.º ano teve a oportunidade de visitar a Fajã dos Cubres, umas das zonas RAMSAR de São Jorge e dos Açores. Com esta aula em campo, os formandos ficaram a conhecer melhor esta zona de São Jorge, escutando atentamente a explicação das técnica do parque, Dr. Marta Bettencourt.

Os nossos agradecimentos à formadora acompanhante, Cátia Bettencourt e à Casa do Parque de São Jorge.

Mais de duas mil zonas húmidas por todo o mundo, nos 169 países contratantes da Convenção, estão atualmente catalogadas como Sítios RAMSAR. Portugal declarou, até ao momento, 31 Sítios RAMSAR em território continental (dezoito) e no Arquipélago dos Açores (treze), desde que assinou a Convenção em 1980. A Fajã dos Cubres é uma delas!

 
 

0 Comentários

Seja o primeiro a comentar este artigo!.

 
 

Deixe um comentário